sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Mudança de hábito

"Acho que você vai encontrar seu caminho vivendo esta nova experiência.
Tenho a impressão que encontramos o lugar certo para que você se desenvolva, seja reconhecida e possa voar mais alto, por ter asas mais fortes.
Beijos, boa sorte e bola pra frente."

Começo assim o meu post. Palavras encorajadoras do meu pai para o meu mais novo rumo.
Vida no campo, ares novos, gente nova e muita coisa pra fazer.

Passo a escrever menos, mas prometo escrever melhor e mais inspirada pelos novos horizontes que surgem!

É pra lá que eu vou:

Mandarei também "notícias do interior"...

6 comentários:

Paula Dantas disse...

Seu post me lembrou uma música da Elis que eu adoro... vou cantar ela aqui pra vc:

"Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes

No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
E um filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros
E nada mais..."

Boa sorte na nova morada... só não pare de escrever pra nós! ;)
Beijos

maria guimarães sampaio disse...

Ê Luli, que lugar mais lindo! Boa sorte em sua nova morada, novos rumos, nova vida. Renovar! Recriar. Estou na espera de "notícias do interior". Beijos de Maria

Chorik disse...

Ai que invejinha! rs Boa sorte, sucesso, fé em Deus e tudo se acertará! Mas não suma! Bj

Lua Oliva disse...

"E é tão bonito quando a gente entende
Que a gente é tanta gente onde quer que a gente vá
E é tão bonito quando a gente sente
Que nunca está sozinho por mais que pense estar
É tão bonito quando a gente pisa firme
Nessas linhas que estão nas palmas de nossas mãos
É tão bonito quando a gente vai à vida
Nos caminhos onde bate, bem mais forte o coração."


E assim Gonzaguinha um dia disse. E assim, Luli um dia fez.

Marcus Gusmão disse...

Belo destino aos 26. Sempre foi meu projeto, eternamente adiado, fazer o caminho de volta. Que bom ter mais um blog bacana mandando notícias do interior.
bjs e muito boa sorte.

Edu O. disse...

eu ainda volto ao meu interior!