quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Quando fui médica

Devia ter uns 6 anos, não mais do que isso. Sei desta data porque fazia a alfabetização. E é bem na época em que surgem as doenças infantis: papeira (e vc com um lenço amarrado em volta das bochechas!), sarampo, catapora...
Quando alguém pegava uma dessas era certo ouvir da mãe um "Vai lá ficar perto pra pegar logo!". Aqui em casa não era diferente.
Quando meu irmão mais velho teve papeira, ninguém foi pra escola! Maravilha! Depois eram as febres, as dores e tal, mas quem ligava?! Bom mesmo era não ir pra aula!
Foi esse mesmo irmão que apareceu primeiro em casa com Catapora. Uma semana sem aula e eu estava contaminada. Em seguida, meu irmão mais novo e que ficou sem aula por mais tempo! Todo mundo tomando banho com violeta de genciana, passando talco e se controlando pra não arrancar as cascas das feridas que coçavam tanto! Tinha ferida até na cabeça! Eu tive no globo ocular, imagine!
Rapidinho me especializei na doença. Conhecia tudo de catapora. Desde os primeiros sintomas, que eu vi meus irmãos terem e depois tive, até as insuportáveis erupções cutâneas! Ajudava no preparo dos banhos, sabia o nome dos remédios e o horário.
Passado o tempo de resguardo, foi inevitável a volta às aulas. meu irmão mais novo ainda convalescia, mas eu e o mais velho já podíamos ir pra escola.
Meu retorno foi marcado por muita alegria de rever os coleguinhas e de saber das novidades dos tempos de reclusão: quantos mais haviam ficado doentes, o que tinham feito... trocando figurinhas médicas!
E lá vinha um perguntar se aquelas bolhinhas nas costas eram da catapora. O diagnóstico era certeiro: SIM!
Em pouco tempo, vinham as professoras saber dos novos enfermos. E assim, fiz os meus primeiros pacientes! Com direito a fila de consulta... E ainda era grátis!

5 comentários:

Bernardo Guimarães disse...

Meu pai deu nome à doença que a gente inventava pra não ir pra escola: Escolite!

Rodrigo Bartilotti disse...

SAUDADES! te amo!

Personagem Principal disse...

Acredita que, mesmo grudada em meu irmão e minha prima, qdo eles tiveram, eu nunca peguei catapora? Morro de medo de pegar depois de velha!

Carol disse...

Ô Lulita...
Acho que isso é uma característica nossa.
Durante um bom tempo eu que lia os exames daqui de casa e diagnosticava todo mundo.


Mas nunca quis ser médica.
Queria mesmo era ser cientista maluca.

Maíra disse...

Desde de pequena inventando moda em pequena !!

bjs