segunda-feira, 28 de junho de 2010

Querer

Eu só queria que você pudesse enxergar
Que eu queria tudo, menos deixar
Eu só queria que você pudesse entender
Que eu queria tudo, menos perder
Eu só queria que você pudesse sentir
Que eu queria tudo, menos partir
Eu só queria que você pudesse pressupor
Que eu queria tudo, menos dor

Eu só queria poder esquecer
Que amei você sem querer
* Foto minha - Dia de chuva - junho 2010.

3 comentários:

Chorik disse...

Fiquei meio que com receio de comentar esse lindo poema, de tão verdadeiro e íntimo. A palavra de verificação de hoje é parti. Vê se pode uma coisa dessas!
Bjs

Edu O. disse...

Vontade de ficar só aí do ladinho, calado.

Gerana Damulakis disse...

Gostei muito. Os versos que trazem apenas o infinitivo -um tom -, a ideia de cadência sugerida por uma espécie de lista e, enfim, o próprio conteúdo lírico. Bem bacana.