quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Das coisas incríveis que eu encontro

Depois das minhas caminhadas para inventariar a flora da fazenda, tenho encontrado várias coisas incríveis. O chato de tudo isso são os mosquitos que atacam até por cima da calça jeans.
Os braços desprotegidos são alvos fáceis: vários pontinhos vermelhos que coçam dia e noite.
As pernas pesadas e doloridas entregam o cansaço e os sapatos imundos, as longas distâncias.
Mas há a compensação, além do dinheiro no bolso, lógico: ver as maravilhas da natureza.
Árvores que sangram e que servem para tintura, perfume, móveis... De insetos azuis de bolinhas brancas a lagartos que pousam na cabeça.
Perceber que tudo isso me rodeia faz repensar o quanto o mundo é bem maior do que eu.
Ainda hão de aparecer muitas outras coisas incríveis, aposto, mas estou feliz com o que estou conhecendo!

*Fotos minhas: O lagartinho (Enyalius catenatus), o tal insetinho ainda não identificado, uma raiz de Gindiba (Sloanea Obtusifolia) e a tal árvore que sangra conhecida vulgarmente como Tintol.

6 comentários:

maria guimarães sampaio disse...

Luli, imagino o belo trabalho que você está fazendo. Belo em todos os sentidos. Fotografe e escreva muito, sempre e para sempre (mesmo que não blogue). Beijos de Maria

LuizaFragomeni disse...

Concordo com você que esse é o verdadeiro motivo, e não o meu. A cidade é um verdadeiro campo de batalha para pessoas com alguma dificulade de locomoção mesmo. Raro aqui é achar uma calçada sem buracos e desníveis absurdos.

Chorik disse...

Ah! Luli! inventário bom esse o seu, com nome científico e tudo! O meu inventário também tem nome científico: são os princípios ativos dos psicotrópicos...

Nana disse...

lulipop:
não se esqueça de registrar tudinho em fatos e fotos!
bjs

Lidi disse...

A natureza é mesmo muito bela e muito maior do que nós! Um beijo.

Anônimo disse...

PARABÉNS BIOLOGA!
hoje é seu dia!
beijão biga... saudade e sucesso sempre em tudo!!! tira bastante foto! quero ver!!!! rsrs...
beijooooooooooooooooo
Tati.